Entenda o que fazer para nutrir leads com email marketing

Concept of email marketing - newsletter and subscription, flat t

Investir no mundo do marketing digital não é tão simples quanto se pensa. Muitas empresas acabam se preocupando muito em conquistar leads, mas depois não sabem bem o que devem fazer com eles. Pode soar surpreendente, mas é mais comum do que parece. Por sorte, o inbound marketing não acaba na conquista de novos contatos. Existem diversas ferramentas dentro dessa estratégia que podem ser utilizadas para a nutrição de leads — e uma delas é o email marketing.

Se você não sabe como colocar essa nutrição em prática na sua empresa, continue lendo: vamos te explicar tudo que é necessário saber para gerar leads com email marketing!

O que é nutrição de leads?

A maior fonte de perda de leads gerados pelas empresas é a falta de nutrição. Ou seja, elas conquistam o contato do consumidor, mas não constroem um relacionamento para guiar o lead até a compra. Isso faz com que o cliente se esqueça da empresa.

A principal causa disso é que a maioria das pessoas, no momento em que se tornam leads, não estão preparadas para finalizar uma compra, ou seja, ainda não são leads qualificados. Mas a empresa não pode ficar esperando que o consumidor qualifique-se por conta própria, ela deve investir em formas de guiá-lo até a venda.

Isso é feito com a ajuda da nutrição de leads, que consiste basicamente na construção de um relacionamento entre a empresa e o cliente a partir de ações de contato direto com os leads gerados. Com ela, é possível fazer com que o público passe pelas fases do funil de vendas a partir da descoberta de novas soluções, até estar pronto para se tornar um cliente.

Por que o email marketing é um campeão na nutrição de leads?

O email está longe de ser uma coisa do passado: ele ainda se destaca como uma forma de contato utilizada por uma parte gigantesca do público e não pode ser ignorado pelas empresas.

Além de ser uma ferramenta muito popular, o email permite que a empresa tenha um contato direto com o público sem ter que gastar muito. Com esse tipo de contato, é possível trocar informações com o cliente com uma regularidade maior, o que facilita a construção de um bom relacionamento. Afinal, é muito mais difícil que a pessoa esqueça de uma empresa que sempre se comunica com ela por emails do que uma outra que ela acessou o site uma vez na vida.

Como criar um email marketing que funcione?

Apesar de ser uma boa ferramenta, a nutrição de leads a partir do email marketing não pode ser feita de uma forma mal planejada e estruturada. Não basta simplesmente enviar um email previamente modelado para uma base gigantesca de contatos. É preciso pensar em 4 pilares para criar um email marketing eficiente para a nutrição de leads:

Segmentar seus leads

É importante que a empresa diferencie os contatos que recebe. Não é muito bacana enviar o mesmo email para pessoas com interesses e características diferentes. Portanto, conheça seu público e crie segmentações a partir das informações de que dispõe para direcionar melhor o conteúdo.

Personalizar o conteúdo do email

Não adianta segmentar o público se você não diferencia o email enviado para cada um deles. Procure sempre pensar em como personalizar o conteúdo oferecido a partir das informações que você tem sobre o lead. Outra boa dica é sempre buscar um tom mais pessoal no email, criando uma conversa entre duas pessoas, em vez de um consumidor e uma empresa.

Ter um bom timing

Obviamente, você não deve enviar somente um email para toda a relação que deve ser construída com o cliente — o contato deve ter uma regularidade. Portante, é essencial criar uma cronologia dos temas dos emails marketing que serão enviados. Pense em qual é a necessidade do cliente no momento em que ele se encontra e envie conteúdos que atuem como solução. Por exemplo, se ele já está procurando opções de soluções para algum problema, tente enviar ofertas de produtos ou serviços que se encaixam nisso.

Pensar sempre em conversão

Você já deve saber que toda estratégia deve ter um objetivo — e isso não é diferente no caso do email marketing. Portanto, defina onde você quer que seu lead chegue e crie um fluxo que o guie até lá.

E então, entendeu como é possível gerar leads com email marketing? Já sabe o que vai fazer para criar um fluxo de nutrição em sua empresa? Coloque nossas dicas em prática e nos conte suas experiências com essa estratégia nos comentários!

 

1 Comentário

  1. Pingback: Brasil Leads – Soluções Fáceis de VendasComo definir metas SMART para o time comercial? - Brasil Leads - Soluções Fáceis de Vendas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *